domingo, 1 de maio de 2016

PAPOILAS

Amarelas, brancas
Laranjas, roxas
Azuis e outras
Selvagens e belas
Mas espalhando charme
Como centelha
Só mesmo as vermelhas
Abrilhantam campos
Extensões sem fim
Não gostam de estar sós
Quando por elas passo
Sorriem para mim
Vaidosas
Bem vestidas e penteadas
Mas não usam maquilhagem
Exibem a beleza campestre
Adoram andar descalças
A sentir a terra, a sua essência
Exalam um perfume embriagador
São sedutoras e apaixonadas
E tudo fazem por amor
Sabendo que são cobiçadas
E até invejadas
Não deixam de pintar paisagens
De vida, harmonia e emoções
Porque sabem que só de afectos
Se embelezam corações!


Helena Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário