terça-feira, 24 de junho de 2014

SORRISOS PERDIDOS
Dei-me conta de que ultimamente perdi muitos sorrisos, pelos caminhos que percorri. Ainda pensei voltar atrás e tentar recuperá-los, mas desisti. É que não estou certa se foram mesmo perdidos, ou se eles é que fugiram de mim. Ainda que os encontrasse, penso que não teriam o mesmo brilho, a mesma cor. Então, decidi arranjar todos os dias motivos diferentes para novos sorrisos. Quero sorrisos frescos, de cores variadas, cintilantes, perfumados, leves e acima de tudo que alimentem a minha alma que se encontra em estado de fraqueza, por se sentir desfalcada. Quero sorrisos francos que saibam ler nos meus olhos, a importância que têm para mim, que acreditem e confiem. E assim que conseguir absorver a energia de novos sorrisos, tudo será sol, tudo será mar e a vida voltarei a abraçar e sempre deixando pinguinhos de amor, por onde passar.

Helena Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário