segunda-feira, 23 de junho de 2014



 MUDANÇA

Hoje acordei
E a vida já estava lá fora à minha espera
A vontade de me entregar a ela não era nenhuma
Ando a perder a vontade de sorrir
E o brilho do olhar
Eu digo a mim mesma que é uma fase
Quem não tem fases menos boas?
Mas a verdade é que nem mesmo eu acredito nisso
As batidas do meu coração estão a mudar
E eu a mudar com elas
Os meus sentimentos estão a endurecer
Mas afinal a vida não é uma constante mudança?
Se todos mudam, por que não eu?
Então,
Para quê evitar?
Por que não aceitar?
Para quê me desgastar?
Até acho que já peca por tardar
Que venha ela
Vou deixar a vida me levar
Nas águas frias do seu rio
Mas tenho confiança
E de tanto que já perdi e perderei
Só peço a Deus que não permita
Que perca também a Esperança.

Helena Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário