quarta-feira, 7 de novembro de 2012

TEUS OLHOS AMOR


Teus olhos amor
Com tanto carinho

De tamanha cor

São o meu tormento.

Me deixam sozinho,
Um só momento.

Olhos tão meigos

De tal expressão!
Cobri-los com beijos

Com adoração.

São os meus desejos
Uma tentação!

E os teus cabelos

Com tais coleados?
São os meus desvelos.

Caindo tão bem

Sobre os teus ombros
Como a ninguém.

Beijar eu queria

Teus lábios róseos
De noite e de dia.

Tu és um jasmim,

Quando te sorris
Feliz para mim.

As mãos carinhosas

De pele tão macia!
São bem duas rosas.

Com suas carícias

De pele tão macia!
São duas delícias.

José Lopes da Nave
 

Sem comentários:

Enviar um comentário