quinta-feira, 26 de julho de 2012

A estrelinha Sofia

Existia uma estrelinha chamada Sofia que era muito esperta.
Ela gostava de brincar com as outras estrelinhas, acordava
mais cedo que as outras e ia logo chamar uma por uma.
Queria pular corda, correr, dançar, brincar de pique, não parava quieta...
(Um dia, ouviu a professora falar que era hiperativa! Nem sabia o
que isso queria dizer, mas achou o nome engraçado, e quando
diziam: "Chega, Sofia, tô cansada, você nunca para!!!" - ela rapidamente devolvia:
"Ora, eu sou hi-pe-ra-ti-va, tá? Não quero ficar parada, daqui a pouco o Sol
chega e eu tenho que ir dormir!! Quero ficar brincando até ele chegar!!!"
E quando a madrugada ia alta, a mãe de Sofia a chamava para dormir,
e ela resmungava:
"Mamãe, por que tenho que ir dormir? Não quero!!!! Quero brincar com o Sol!!"
"Não, Sofia, você não pode brincar com o Sol - disse sua mãe. Precisa dormir.
E o Sol tem muito trabalho a fazer, não pode perder tempo com suas brincadeiras..."
Sofia ficava inconformada! Uma noite, esperou sua mãe dormir e ficou escondidinha
à espera do Sol. Queria porque queria brincar com ele!
Quando ele chegou, Sofia já estava com sono, mas aguentou firme, tremeluzindo,
quase apagando, mas teimosa!
Assim que viu seus primeiros raios (nossa!!!! seus olhinhos doeram!!!),
Sofia fechou os olhinhos e chamou, com sua vozinha quase sumida
de menina-estrelinha miudinha:
"Senhor Sol! Ei, Seu Só-ol!!!! Sou eu, a Estrelinha Sofia!!!!
Posso brincar com você? Quero ver o dia, brincar nas florestas, tomar banho de rio,
deixa, deixa?????????"
E o Sol, pra não deixar Sofia ceguinha com sua imensa luz,
buscou uma grande nuvem pra se vestir e explicou:
"Bom dia, menina Sofia! Olha, eu até gostaria de deixar você brincar comigo,
mas tem um problema... Não sei se você sabe, mas eu tenho muito trabalho a fazer,
preciso aquecer o planeta... e tem muitos lugares que ficam escondidos,
tenho que ir procurando por todos, não vou poder passear com você.
Eles dependem de mim, e me esperam todos os dias na hora certa...
Se eu me atrasar, vai virar uma bagunça! Não posso deixá-los na mão!"
Sofia respondeu: "Ah, puxa, Seu Sol, eu queria ajudar você a trabalhar,
posso? Deixa, vai?"
"Mas Sofia, você então não sabe???? Você já me ajuda, e muito!
Com sua esperteza, alegrando as outras estrelinhas, você me ajuda a descansar,
porque depois de um dia inteiro de trabalho, eu fico muito cansado!!
Não sou mais novinho como você, preciso da noite pra me recuperar
e começar novamente o meu trabalho no dia seguinte... "
Sofia, surpresa, exclamou:
"Puxa, Seu Sol, eu não sabia! Todo mundo fica falando que eu não paro quieta,
que eu sou hiperativa, tem gente que até finge que tá dormindo quando eu chego perto,
porque tem preguiça de brincar comigo... às vezes eu acho que nem gostam de mim!"
"Não, Sofia, é que você ainda é muito novinha, está com muita energia, e é dessa energia que
eu preciso pra ajudar as outras estrelas mais cansadas a fazer o seu trabalho durante a noite
enquanto eu me recupero. Já pensou se todas as estrelas ficassem com preguiça de trabalhar à noite?
As pessoas na Terra iam ficar na maior escuridão! O trabalho que você faz me dá muito orgulho,
e eu te agradeço muito por isso! E é por isso que preciso que você vá dormir agora,
pra também renovar a sua linda energia enquanto eu trabalho, tá bom?
Você é uma das minhas melhores ajudantes!"
"Tá bom, Seu Sol! Hehe!! Já que eu sou sua ajudante, fazer o que, né?
Mas eu gostei muito de conversar com você!!! Pensei que você era um velho brabo e que
ia brigar comigo... Pode deixar que eu vou fazer o meu trabalho direitinho,
não vou deixar nenhuma estrela preguiçosa ficar de bobeira... Bom dia, Seu Sol, bom trabalho!"
"Bom dia, Sofia, bom descanso!!"
E naquele dia, Sofia foi, obediente e orgulhosa, dormir seu soninho, aquecida pelos raios do Sol
e pela alegria de saber que ser estrelinha também era importante, e que o seu jeito de brincar
ajudava o Sol.
Quando a noite chegou, Sofia levantou ainda com mais gás pra brincar com suas amigas
e ajudar o seu amigo Sol. Estava tão ansiosa que levantou antes mesmo que o Sol fosse dormir,
e conseguiu tocar num de seus raios... O Sol olhou pra Sofia e deu uma piscadinha, para então
descansar tranquilo, e Sofia foi pulando e cantando acordar suas amigas.
Ela agora não era só 'hiperativa', era também ajudante do Sol!!!

Tixa Falchetto
 

Sem comentários:

Enviar um comentário