quinta-feira, 26 de julho de 2012

Perfeição

Não quero ser perfeita
E ter a vida desfeita
As minhas imperfeições
Trazem-me restrições
Tento ser melhor
Mas não a maior
Tudo é simplicidade
Na minha personalidade
Se sou assim
E se gostas de mim
Não sejas como eu
O meu mundo não é teu
Aqui perdeste o lugar
Se não queres partilhar
O que tentas esconder
Para não te dares a conhecer
Nestas nossas desavenças
Residem apenas diferenças
Duas vidas que se afastaram
E que mais tarde se cruzaram
Nesta vida nem ganha, nem perdida
Concluindo que a vida é para ser vivida.
 Cristina Russo
 

Sem comentários:

Enviar um comentário