segunda-feira, 18 de abril de 2016

GANHEI O CÉU

Há dias que acabam
Em noites de magia
Vestidos de pijama
Com flores de alegria
A felicidade existe
E alimenta-se de pouco
Basta estarmos atentos
No que nos é dado
A cada momento
E não no que vemos passar
Nas asas do vento
Doces palavras, versos, poemas
Ou até dilemas
Tristezas ou incertezas
Em tudo há amor
Só varia na forma
Pode ser de deleite ou dor
O meu dia anoiteceu grávido de euforia
E vestiu o seu pijama
Com uma gerbera de cor laranja
No lado esquerdo da alma
A flor é linda
E é a cor da vida, do amor e do perdão
Ainda que seja apenas fantasia
Mas se alguém me leu
Mesmo vendo que não respondeu
O seu tempo e atenção ofereceu
É sinal que me tem no coração
E é motivo para festejar, agradecer
Sentir que nada se perdeu
E que mantenho o meu lugar no céu!


Helena Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário