sábado, 27 de fevereiro de 2016

DIA DE FESTA, PAI!

Aniversário é dia de festa, sim. Fazes, fazemos todos e sempre, só que em locais diferentes. É dia de alegria, ou deveria ser, mas nem sempre assim acontece. Hoje não estou nos meus melhores dias, mas sei que não te importas de me ouvir, os anjos têm folga no dia do aniversário e por isso, tens todo o tempo, do teu mundo. Há muito não falava contigo, imagina o tanto que tenho para te dizer. Mas vou tentar poupar-te, não te quero triste logo hoje, que decidiste festejar o teu dia especial, comigo. Mas se não fores tu, quem mais me irá ouvir ou entender? Se não for boa companhia, terás de me perdoar. Os meus dias não têm sido fáceis, continuam a transformar-se em noites, cada vez mais cedo e o estranho é que eu, no fundo, não me importo. Claro que não tens culpa, mas é que desde que te foste embora, tudo mudou, o mundo desabou e eu nem sei por que Deus me poupou. Deixei de pertencer a este lugar e não faço questão de aqui continuar. Prometes que vais pedir autorização para contigo me levares? Pode ser em qualquer dia, nem precisas avisar, estarei à tua espera, pronta para viajar.
Preciso tanto sair daqui, Pai….
Bem, já chega, por hoje. Já desabafei e não quero ver-te chorar. Diz-me, como te sentes com 83 anos? Um jovem? Calculo que sim. Também gostava de me sentir assim. Vives no paraíso, Pai, e, é só olhar para ti para ver que te faz bem. Tens um olhar mais doce ainda e transmites tanta serenidade. Sinto-me renovada, depois desta dose de ternura abençoada. Ainda não me habituei ao vazio que deixaste, caio nele imensas vezes e cada dia é-me mais difícil levantar. Tenho medo que te atrases e que um dia chegues aqui e já não me encontres. Não te esqueças de mim, Pai.
Aproveita bem o resto do teu dia. Feliz Aniversário.
Amo-te!


Helena Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário