sábado, 27 de fevereiro de 2016

MOMENTO ESPERADO

Temos um encontro marcado
Não sei onde, nem quando
Mas temos…
Só sei o motivo, ambos sabemos
Dizem que o tempo não espera e arrasta a vida
Acredito…
Mas eu espero e não me exaspero
Cada dia é uma gota a encher o oceano da esperança
Por ti irei até ao infinito…
Sei que o dia chegará e será tão bonito
A minha boca parirá estrelas para te receber
O tempo não apaga o que foi esculpido com delicadeza
Até consigo entender…
Como me enleva a saudade do amargo e do doce
Estranho? Nem tanto, ambos fazem parte da ementa da vida
E é a harmonia que dá mais paladar aos dias que temos para folhear
O livro das nossas memórias…
O segredo é saber tirar prazer de cada rasgo de vento sedutor
Mas quando nos encontrarmos, juntaremos os nossos sabores
E certamente que faremos história porque será uma vitória
Sobre a mágoa, sobre a dor…
O Tempo não tem tempo e varre o tempo por onde passa
Mas o meu tempo guardo-o na minha mão e não há nada que faça
Com que dele me desfaça…
Preciso preservar o tempo, que o Tempo me dá
Até à chegada do meu amor!


Helena Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário