sábado, 6 de fevereiro de 2016

LUA DE AMOR

É Inverno…
Mas a chuva não cega o meu coração
O frio não queima a minha alma
Porque o amor…ai o amor
Quando fervilha no peito
Corre nas veias uma emoção
E derrete qualquer dor
Seja em que Estação for
Magia?
Não, vontade de amar
Saber dar, mais do que receber
E tudo pode acontecer
É Inverno?
Claro, no calendário
Porque dentro de mim
Existe um escaldante Verão
Sim, o amor entrou pela janela
Em forma de lua grávida
E sussurrou: tenho saudades tuas
Abri os olhos, tornei a fechar
Entreguei-me a quem com candura
Fez de mim sua
E amanheci serena
Com uma felicidade plena!


Helena Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário