quarta-feira, 26 de agosto de 2015

SENTIRES

Fui e já voltei
Mas tanto penei
Ainda gosto de por aqui andar
Metade de mim nunca daqui sai
Encontrei um abrigo de amor
Que tanta falta me faz
Por isso muito me dói
Quando sou obrigada a me ausentar
Alguns dias para repousar
Ordens de quem de mim anda a cuidar
Porque a saúde não me corre de feição
E a cada dia a vida escapa-me da mão
Tenho tanto para dizer
Sequer me querem escutar
Mas continuarei a tentar
Confio na força do amar
Não na ilusão da razão
É o que me ensina o coração
Enquanto a esperança me habitar
E de emoção a vida palpitar
Estarei aqui de alma cheia
A retribuir o muito que me dão
Pelo pouco que tenho a oferecer
A quem faz por merecer
Gratidão, amizade, respeito
Sempre terão em forma de sorrisos
E para quem não fui tão doce
Peço perdão
E que sigamos para mais um ano
De muita harmonia, alegria e poesia
Porque para mim, já terminou o Verão!


Helena Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário