segunda-feira, 6 de outubro de 2014

DIFICIL AMAR

É penoso amar
Sem tocar corações
É difícil tocar corações
Que se fecham
Às emoções
E quando isso acontece,
Amar
É remar, remar
Sem um porto encontrar
E surge a questão:
Desistir ou continuar?
Mas quem ama,
Tem outra opção
Senão a de lutar?
O futuro
É uma incógnita
Mas há sempre que tentar
Quem sabe
Se não se abre uma brecha no nevoeiro
E uma luz consegue penetrar?
O amor faz magia
E a esperança
É a última a nos abandonar.


Helena Santos

2 comentários:

  1. Olá Helena
    Belíssimo poema. Toda luta é valida quando o tema é o amor
    Beijos

    ResponderEliminar