segunda-feira, 14 de julho de 2014

VERÃO

A praia estava convidativa
O sol brilhante, sorria-me dum céu azul inigualável. O mar, de um azul maravilha a contrastar com o céu, estava sereno, com umas ondas a dançar para mim, provocando-me para entrar na dança. Vontade tinha, mas, primeiro queria relaxar, engolir uma boa porção de sol que tanta falta me fazia e simplesmente estar, ao som do silêncio do mar, sob o olhar atento de uma e outra gaivota.
Acompanhada de um delicioso refresco e um livro apaixonante, estendi-me na areia molhada e ali fiquei concentrada no que de bom a vida me oferecia. E que prazer sentia, sempre que uma onda se espreguiçava na areia e beliscava os meus pés.
Que bem estava, num paraíso só meu.
Embrenhada a saborear a felicidade, não me dei conta da chegada traiçoeira de uma onda mais afoita que, me inundou até à alma e quase me afogou. Na aflição, acordei e estava apenas na minha cama e o sonho terminou.

Helena Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário