terça-feira, 8 de julho de 2014

SONHO

Sonhei com um amor eterno
Como que por magia
O amor eterno me encontrou
Ele não sabia
Nem sequer desconfiou
Que aquele dia
Iria mudar as nossas vidas
Mas o meu coração sentiu
E logo me alertou
A seu tempo ele também notou
Que o meu coração abria-se como uma flor
Exalando o perfume do amor
Que só por isso eu estava ali
E estava
E estive, sempre
Não sei se algum dia fui o seu amor
Mas senti que ele também estava ali
E estava
E esteve, sempre
Era intensa a Luz que iluminava as nossas almas
E a felicidade em nós viveu
De repente tudo escureceu
Ele de mim se afastou
E nem sei o que aconteceu
Nada me disse, não me esclareceu
De mim se esqueceu
E nem sequer se importou
Com a dor que me causou
A ferida que em mim abriu
E que ainda hoje não sarou.

Helena Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário