quarta-feira, 9 de julho de 2014



 O TEMPO

O tempo
Esse que nos leva os sonhos
e nos traz as mágoas
é o mesmo que nos controla o caminhar
para que os passos dados
não sejam maiores
que a capacidade de andar
Faz-nos olhar ao espelho
para vermos quem somos
ou o que resta de nós
E as suas marcas
essas
estão em todo o lado
sejamos velhos ou jovens
numa ruga
num cabelo branco
num olhar vazio
numa fotografia
numa música
estão sempre lá
E quando se recorre a ele
para apagar um amor
não acaba a dor
porque ele não o elimina
simplesmente o pinta de outra cor.

Helena Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário