segunda-feira, 6 de agosto de 2012

APENAS HOJE

Apenas hoje,
Procurarei a felicidade

Na minha interioridade.

Apenas hoje,

Procurarei
Ajustar meus ensejos
À vida,
E, não a vida
A meus desejos.

Apenas hoje,

Pelo meu corpo olharei,
Dele cuidarei
Exercitando-o
E alimentando-o
Física e mentalmente.

Apenas hoje,

Fortalecerei
Meu espírito,
Através da meditação,
Do pensamento,
Da reflexão.

Apenas hoje,

Exercitarei
Minha alma
Ajudando alguém,
Praticando o bem.

Apenas hoje,

Serei agradável
Sendo a todos favorável,
Aceitando seus ideais
Como se aos meus
Fossem iguais.

Apenas hoje,

Viverei este dia
Com seu programa
Pleno de alegria,
Sem tentar resolver
Tudo o que terei que resolver.

Apenas hoje,

Reservarei,
Para mim, algum tempo
Em que repousarei
E reflectirei
No sentido da vida
E no de minha vida.

Apenas hoje,

Tentarei ser feliz
Sem olhar ao que o mundo diz,
Apenas, apreciar
Toda beleza
Que existe na Natureza…

Viver,

E, ser feliz!...
 
Zélia Chamusca

2 comentários:

  1. Grata, Querida Helena Santos,por ter partilhado meu poema no seu blog. É prova de que apreciou e isso me deixa feliz.
    Parabéns pelo seu Jardim para todos nós que está muito alegremente florido!

    ZCH

    ResponderEliminar
  2. Agradecida, minha flor....gosto de te ter por cá!!! Beijocas.

    ResponderEliminar