segunda-feira, 16 de julho de 2012



O mais importante:
TU!

(ao meu filho)

Por todos os amores por mim vividos, até hoje,
O Teu foi o mais intenso,
O que não foge
Neste mundo imenso
De anseios.
De todos os beijos,
O teu é o mais deleitoso,
O mais poderoso.

De todo o calor,
O do teu abraço, o mais ardente,
Pois é fruto de um amor
Transcendente,
Constante…

De todas as almas, a tua a mais gémea,
Pois foi em mim gerada.
_ Não, não é blasfémia
Minha preciosíssima pedra lapidada.

De toda a agonia
A mais penosa de suportar.
Pupila dos meus olhos, meu guia
Razão do meu afecto
Mar imenso, amor predilecto
Que nem o «términus» da Vida, fará expirar.

Tu e sempre Tu!...

Libânia Madureira


Sem comentários:

Enviar um comentário