quinta-feira, 18 de setembro de 2014

SETEMBRO

Ainda estamos no Verão,
Mas o Outono age como se já tivesse chegado a sua estação.
A chuva cai em gotas sofridas
Como se fossem lágrimas do céu
A despedir-se do Verão, da alegria e de tudo que viveu
Os dilúvios recentes, levam-nos a pensar
Que o Outono já impera
Mas ainda resta-lhe alguma espera
O sol, teimoso, não se deixa intimidar
Bafejando-nos com o seu calor e iluminando corações
Não nos deixando esquecer
Que ainda há tempo para gozarmos de algumas emoções
Até o Outono ser dono do tempo
E passar a tomar decisões
Quando isso acontecer, sim
O frio passará a controlar as nossas vidas
Dará os bons dias, seguirá os nossos passos
E estará a dormir na nossa cama
A chuva, na rua, será uma prazenteira companhia
E à noite cantará doces melodias
Até ser dia
O Outono encanta-me
Tem um frio sedutor
E ofusca-me com tanta beleza e cor
Aguardo a sua chegada, com muito fervor!

Helena Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário