quarta-feira, 9 de outubro de 2013

O MAR

A onda que na areia os nossos pés vem beijar
É a mesma que arrasta os nossos sonhos para o imenso mar
E ficamos ali com a esperança de que os traga de volta
Mas é pura ilusão
O que o mar engole o mar não devolve
O que para a praia cospe dificilmente é reconhecível
O mar que nos encanta também nos desencanta
Assim como desfaz os nossos sonhos, nos tira quem amamos
Também nos oferece uma imensidão de beleza até o nosso olhar se perder
Num horizonte que é único em magia, mistério e viagens fantasiosas
Os seus habitantes são de rara beleza, cada espécie um mundo
E as suas cores a ninguém passam indiferentes
Puras telas pintadas pelas mãos da natureza
Nas profundezas e esconderijos
Que são verdadeiras fortalezas em riqueza
O mar das lágrimas e dos sorrisos.
Que nos recorda com clareza
Que perante tal grandeza
A humanidade precisa de humildade
E agir com justeza

Helena Santos

Foto net

2 comentários:

  1. E quão imponente é o mar, e as palavras e os sentires...

    abraço
    cecilia

    ResponderEliminar
  2. Grata, amiga Cecília, pela tua visita.
    Beijos

    ResponderEliminar