quarta-feira, 25 de setembro de 2013



É ASSIM

E o presente é assim….
Sorrindo lembrando o passado
ansioso esperando o futuro
e caminhando sempre encarando o horizonte
porque toda a estrada tem um fim
O início da caminhada transformou a minha vida numa Primavera
Eram várias flores, diversas cores e variados odores
Tudo era luz perfume amor um autêntico jardim
Era tão perfeito que rapidamente chegamos ao Verão
As temperaturas aumentaram vertiginosamente
eram corpos suados, bocas famintas hormonas em conflito
Qualquer via era válida para satisfazer os desejos de dois corpos
que não obedeciam à razão mas à sedução
Foi um Verão escaldante e repleto de paixão tesão
e vontade de apagar cada fogo que se acendia
sempre com muita emoção e satisfação
Mas sabemos que o Verão não dura sempre
principalmente quando não há vontade que ele continue
E quando isso acontece é num fechar de olhos que chegamos ao Outono
Sim, o Outono é lindo mas é a morte de tudo o que cresceu e floresceu na Primavera
e amadureceu no Verão
As árvores ficam nuas ou não e apresentam várias cores e tons
As folhas que caem formam um tapete multicor que transmite
uma linda melodia aos nossos passos
A temperatura vai baixando.
As gotas de suor transformam-se em gotas de chuva e sem nos apercebermos entramos num Inverno rigoroso.
O frio impera o gelo de nós se apodera a falta de vontade é rainha e tudo escurece.
Perde-se a cor os odores e o amor esse se existiu extraviou-se nas várias mudanças de estações.
Só restam a dureza do gelo e a secura do frio que mirram alguns corações.

Helena Santos

Foto net
 

Sem comentários:

Enviar um comentário