quinta-feira, 13 de setembro de 2012


O MEU VESTIDO VERMELHO
Na primeira noite em que te conheci
Vestia meu vestido vermelho
Era uma noite de verão quente
O meu vestido vermelho despontava ao longe
Baloiçando ao vento o meu laço de cetim
O tecido era tão leve e macio
Moldava meu corpo
Notava-se a auréola dos meus seios
Que o pano roçava de leve
Minhas pernas marcavam passos firmes s delicados
Em ritmos sensuais delineando-me as ancas
Estavas ali parado a me olhar
Sonhando nadar em meu corpo, e nele te afogar
Quis dizer-te isso, sem conseguir
Julguei poder chamar tua atenção
Com os olhos fixos em mim , te vi sorrir
E foi nesse momento que pedi aos céus
Chance para te voltar a encontrar!


Nazaré G. (Naná)
 

Sem comentários:

Enviar um comentário