quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Quem fui já não me lembro.
Quem serei não sei ainda.
Quem sou não me define
pois sou tantas ao mesmo tempo
que só ser já não me basta....

Mas seja eu quem for,
ou o que os outros me julguem ser,
nunca serei quem quis ser
entre ser alguém e não ser ninguém.

Resta-me querer ser o que escolhi ser
para nos outros me poder rever
em cada face, em cada ser
sem nunca deixar de tentar ser.

*
Carmen Sêco

Sem comentários:

Enviar um comentário