quinta-feira, 5 de julho de 2012

Respirar poesia

Poesia está em tudo que escrevemos
Desde que seja com alma e coração.
Uma prosa pequena que seja
É sempre poesia...
Um conto do dia a dia
Seja triste ou alegre
É sempre poesia.
É como o mar que ondeia sempre
De braço dado com a maresia.
Traz desolação...
Mas também é alegria.
O falar de um retrato
De um amigo
De um momento
Do nosso sair de casa
Do jardim das palmeiras
Com palavras rimadas ou não...
É fazer do dia de chuva
Um maravilhoso dia de sol
Mesmo sentados a um cantinho
Fechando e abrindo os olhos.
Deixar o escrito correr de mansinho
Suave e meigo...
E ir de encontro à poesia...
Num suave respirar.

José Rodrigues

Sem comentários:

Enviar um comentário